PIB dos EUA é revisado para baixo, com queda de 1,6% no 1º tri

Atualizado em -

PIB dos EUA é revisado para baixo, com queda de 1,6% no 1º tri Pexels
► Governo Federal anuncia Plano Safra, com a liberação de R$ 340,8 bilhões para produtores rurais► IBGE: desemprego cai para 9,8%; rendimento fica estável► Ipea eleva previsão de alta do PIB de 2022 para 1,8%, mas reduz a de 2023 a 1,3%

Segundo dados divulgados pelo Departamento do Comércio nos EUA, o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre teve uma queda mais brusca do que o divulgado em abril. Os dados foram revisados para baixo, com recuo de 1,6%.

A queda é a primeira desde a crise causada pela pandemia há dois anos, e vem logo após um crescimento de 6,9% observado no quarto trimestre de 2021.

De acordo com o BEA, órgão ligado ao Departamento do Comércio, a retração é resultado do agravamento da pandemia de covid-19 causado pela variante Ômicron, associado a redução do pagamento das medidas assistenciais que o governo do país havia adotado.

Os novos dados divulgados também revisaram para cima o índice de preços de gastos com consumo pessoa (PCE), que foi atualizado com alta de 7,1%, contra os 6,4% que havia sido divulgado anteriormente. Já o índice que exclui setores de energia e alimentos ficou em 5,2%, acima dos 5% prévios.

Essa nova leitura vem logo após o Federal Reserve (Fed – Banco Central dos EUA) começar o seu ciclo de aperto monetário, com Jerome Powell alegando que a taxa deve sair do nível neutro para conter o avanço da inflação. Essa mensagem gerou temor de que a economia norte-americana possa entrar em uma recessão.

Relacionados:

► Governo Federal anuncia Plano Safra, com a liberação de R$ 340,8 bilhões para produtores rurais► IBGE: desemprego cai para 9,8%; rendimento fica estável► Ipea eleva previsão de alta do PIB de 2022 para 1,8%, mas reduz a de 2023 a 1,3%

Leia mais: