Opep: menor crescimento da economia global diminui demanda por petróleo

Atualizado em -

Opep: menor crescimento da economia global diminui demanda por petróleo Pixabay
► Europa deve lidar com guerra na Ucrânia de forma fiscal e não econômica, afirma FMI► Como aproveitar o ciclo das commodities energéticas e ações descontadas na B3 para lucrar► Ciclo de aperto monetário deve avançar “significativamente”, diz Copom

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) divulgou nesta quinta (12), em seu relatório mensal de produção, a redução da previsão de crescimento da demanda global por petróleo em 2022 em 320 mil barris diários, para 3,47 milhões de barris por dia.

No documento, os principais países produtores da commodity também cortaram a estimativa de demanda global neste ano em 210 mil barris por dia, a 100,29 milhões de barris diários.

Desde quando a guerra na Ucrânia começou, em fevereiro, a Opep já cortou em quase 800 mil barris por dia a previsão de crescimento da demanda por petróleo. O prosseguimento no conflito no Leste Europeu tem afetado o fornecimento global de energia e ajudado na alta dos preços do petróleo, impactando no crescimento econômico global.

Segundo a Opep, "a revisão nas estimativas reflete uma combinação de fatores, formada por inflação alta, aperto monetário por parte dos principais bancos centrais globais e a guerra na Ucrânia".

Por fim, a Opep destacou em seu relatório que o movimento mais intenso dos bancos centrais mundiais para combater a inflação e o ressurgimento de infecções por Covid-19 na China também são fatores que influenciaram na desaceleração na demanda por petróleo.

Relacionados:

► Europa deve lidar com guerra na Ucrânia de forma fiscal e não econômica, afirma FMI► Como aproveitar o ciclo das commodities energéticas e ações descontadas na B3 para lucrar► Ciclo de aperto monetário deve avançar “significativamente”, diz Copom

Leia mais: