Estapar anuncia parceria com Zletric para explorar mercado brasileiro de eletromobilidade

Atualizado em -

Estapar anuncia parceria com Zletric para explorar mercado brasileiro de eletromobilidade Freepik
► Dynamo reabre captação de fundos; intenção é levantar R$ 1,1 bilhão► Itapemirim reverte decisão de interromper linhas de transporte rodoviário► Brasil Brokers anuncia aumento de capital social de até R$ 100 milhões

A Estapar e a Ecovagas, controladas pela companhia Allpark Empreendimentos (ALPK3), anunciaram que no dia 6 de janeiro de 2022 assinaram um Memorando de Entendimentos com Zletric para estabelecer os termos e condições pelos quais possuem interesse em combinar estruturas, visando a exploração conjunta e ampla do mercado brasileiro de eletromobilidade, através da infraestrutura de recarga de veículos eletrificados, tanto nos segmentos comerciais quanto aos frotistas, além do segmento residencial.

Caso a operação se concretize, a Allpark passará a deter participação societária relevante relevante na combinação das estruturas da Ecovagas com a Zletric. Os valores da negociação ainda não foram divulgados pois o processo ainda está em andamento

A Zletric é uma startup criada em 2019 com o plano de oferecer uma solução inteligente para mobilidade urbana, buscando entregar energia limpa em uma rede de recarga para veículos elétricos. A empresa já instalou de 170 estações e possui dezenas de estações em processo de instalação em diferentes estados.

Segundo a companhia, a operação faz parte da estratégia de expandir a atuação da Estapar no segmento de recargas de veículos elétricos através da Ecovagas. A combinação proporcionaria aos usuários as melhores soluções de infraestrutura de recarga elétrica, tanto para segmentos Business-to-Business - B2B (clientes comerciais, como frotistas e montadoras) quanto ao Business-toConsumer - B2C (clientes finais são os usuários), visando nos tornar um dos maiores players do ecossistema de eletromobilidade do País.

Relacionados:

► Dynamo reabre captação de fundos; intenção é levantar R$ 1,1 bilhão► Itapemirim reverte decisão de interromper linhas de transporte rodoviário► Brasil Brokers anuncia aumento de capital social de até R$ 100 milhões

Leia mais: