Investimento estrangeiro no Brasil soma US$ 46,4 bilhões, crescimento de 23% em 2021

Atualizado em -

Investimento estrangeiro no Brasil soma US$ 46,4 bilhões, crescimento de 23% em 2021 Freepik
► Prévia da inflação desacelera e fica em 0,58% em janeiro► Cobrança de tarifa para empresas sobre serviços do Pix é ampliada► Transações correntes registraram déficit de US$ 28,1 bilhões em 2021, diz BC

Nesta quarta-feira (26), o Banco Central informou que houve crescimento de 23% dos investimentos estrangeiros no Brasil em 2021, somando US$ 46,441 bilhões. O valor foi suficiente para superar o rombo das contas externas que tiveram déficit US$ 28,110 bilhões.

Caso o valor dos investimentos externos não superassem o déficit das contas externas, o país teria que recorrer a outros fluxos para fechar as contas, como empréstimos no exterior.

O resultado, mesmo que ainda não tenha voltado ao patamar pré-pandemia, pode ser atribuído ao aumento da participação do capital estrangeiro nas empresas brasileiras.

Porém, mesmo positivo, a previsão do BC era que os investimentos diretos de estrangeiros somariam UU$ 52 bilhões. Para 2022, a estimativa é que alcance a marca dos US$ 55 bilhões.

Em dezembro do ano passado os investimentos estrangeiros direto no país ficaram negativos em US$ 3,935 bilhões. Isto é, houve mais retorno do que entrada de recursos.

Relacionados:

► Prévia da inflação desacelera e fica em 0,58% em janeiro► Cobrança de tarifa para empresas sobre serviços do Pix é ampliada► Transações correntes registraram déficit de US$ 28,1 bilhões em 2021, diz BC

Leia mais: