Embraer fecha negócio de US$ 3,9 bi com empresa norte–americana Azorra

Atualizado em -

Embraer fecha negócio de US$ 3,9 bi com empresa norte–americana Azorra Freepik
► Eve, da Embraer, firma parceria com empresa australiana para criação de 50 eVTOLs► Embraer pede à Anatel para fazer testes sobre eventual interferência do 5G em voos► Gol fecha financiamento de até US$ 600 milhões para transformação da frota

A Embraer (EMBR3) anunciou nesta segunda-feira (24) um acordo bilionário com a empresa de leasing norte–americana Azorra que prevê a compra de até 50 aeronaves dos modelos E190-E2 ou E195-E2, com entregas previstas no inicio de 2023, no valor de US$ 3,9 de acordo com o preço de tabela.

Em comunicado, a Azorra alega que aquisição é fruto da longa parceria da Embraer, de quem são clientes desde a mais de uma década. Já a Embraer, reforça a qualidade dos produtos adiquiridos, afirmando que ambas as companhias estão alinhas em oferecer o melhor para seus clientes.

“Esse compromisso reforça nossa crença no E2; uma família de aeronaves modernas com desempenho econômico e ambiental superior, proporcionando à Azorra uma excelente oportunidade para estabelecer uma posição de liderança nos mercados em que servimos”, disse John Evans, CEO da Azorra.

A empresa aeroespacial tem sede no Brasil desde 1960 e atua na Aviação Comercial, Aviação Executiva, Defesa & Segurança e Aviação Agrícola, projetando, desenvolvendo, fabricando e comercializando aeronaves e sistemas.

Relacionados:

► Eve, da Embraer, firma parceria com empresa australiana para criação de 50 eVTOLs► Embraer pede à Anatel para fazer testes sobre eventual interferência do 5G em voos► Gol fecha financiamento de até US$ 600 milhões para transformação da frota

Leia mais: