Para BC russo, crescimento das criptomoedas são risco à estabilidade financeira

Atualizado em -

Para BC russo, crescimento das criptomoedas são risco à estabilidade financeira Tony4Urban | Stock Adobe
► Cidade do Rio quer criar Crypto Rio e estuda aplicar parte do Tesouro em criptomoedas► Coinbase e Mastercard firmam parceria para permitir compra de NFTs via cartão► Hashdex anuncia lançamento de sexto fundo cripto no Brasil com ETF de DeFi

(Estadão Conteúdo) - O Banco Central da Rússia divulgou relatório em que afirma que as criptomoedas estão tendo impacto cada vez maior na economia e na estabilidade financeira. De acordo com a instituição, o crescimento mais rápido das criptomoedas pode fornecer um impacto negativo no bem-estar dos cidadãos, na economia russa e na estabilidade financeira, bem como gerar um "efeito de contágio", passando do mercado de criptomoedas aos principais mercados financeiros.

Entre os impactos negativos citados pelo banco estão: escassez de semicondutores, que está colocando pressão inflacionária adicional na economia global; aumento dos volumes de mineração acarreta um enorme consumo de eletricidade e pode colocar outros negócios em risco; aumento do consumo de eletricidade no processo de mineração contribui para um aumento da emissão de carbono.

O relatório destaca que a Rússia responde por mais de 11% do poder de computação do mundo usado para minerar bitcoin.

"Desta maneira, a tendência de aumento da participação da Rússia no volume total de mineração pode aumentar a emissão de carbono do país e impedir o alcance das metas estabelecidas no campo do desenvolvimento sustentável", disse o texto.

Diante disso, o BC afirmou que planeja manter um sistema de monitoramento regular das operações com criptomoedas para fornecer o melhor trabalho com reguladores financeiros no exterior, levando em consideração os riscos associados ao impacto negativo da mineração das criptomoedas.

Relacionados:

► Cidade do Rio quer criar Crypto Rio e estuda aplicar parte do Tesouro em criptomoedas► Coinbase e Mastercard firmam parceria para permitir compra de NFTs via cartão► Hashdex anuncia lançamento de sexto fundo cripto no Brasil com ETF de DeFi

Leia mais: