Inflação na indústria desacelera e fica em 1,31% em novembro, aponta IBGE

Atualizado em -

Inflação na indústria desacelera e fica em 1,31% em novembro, aponta IBGE Pexels
► Produção industrial cai puxada por cinco estados, diz IBGE► Confiança do comércio tem queda de 2,7 pontos em dezembro, diz FGV

Os preços da indústria subiram 1,31% na passagem de outubro para novembro de 2021, indicando uma desaceleração após o resultado de 2,26% registrado em outubro.

Segundo dados do Índice de Preços ao Produtos (IPP) divulgados nesta quarta-feira (05) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no período de janeiro a novembro do ano passado, o índice acumulou alta de 28,36%. Considerando o intervalo de doze meses, de novembro de 2020 a novembro de 2021, o IPP registrou 28,86%.

A pesquisa do IPP mede a variação dos preços de produtos na “porta da fábrica”, sem impostos e frete, de 24 atividades das indústrias extrativas e da transformação. Do total de atividades analisadas, 17 tiveram alta de preços em novembro, contra 21 do mês anterior. As quatro maiores variações foram nas atividades de refino de petróleo e produtos de álcool (6,63%), indústrias extrativas (-5,21%), outros produtos químicos (4,90%) e bebidas (2,52%).

"Derivados do petróleo em função dos aumentos do óleo bruto durante o ano, apesar da queda neste mês e o setor extrativo devido a uma queda muito grande nos preços do minério de ferro”, explica o gerente do IPP, Manuel Campos Souza Neto.

Relacionados:

► Produção industrial cai puxada por cinco estados, diz IBGE► Confiança do comércio tem queda de 2,7 pontos em dezembro, diz FGV

Leia mais: