Mercado reduz expectativa de crescimento da economia em 2022 de 0,42% para 0,36%

Atualizado em -

Mercado reduz expectativa de crescimento da economia em 2022 de 0,42% para 0,36% iStock | Getty Images
► Desemprego cai para 12,1% e atinge 12,9 milhões de pessoas► Inflação do aluguel sobe 0,87% em dezembro e fecha o ano com alta de 17,78%

O mercado reduziu sua expectativa para o crescimento da economia brasileira em 2022. Segundo o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira (03), a projeção aponta para um Produto Interno Bruto (PIB) de 0,36% ante 0,42% estimado na semana passada.

Em relação ao crescimento em 2021, houve leve queda na expectativa, que agora é de crescimento de 4,51%. No relatório anterior, a projeção era de 4,50%. Para 2023 e 2024, a expectativa ficou estável na comparação com a semana anterior, com expansão do PIB em 1,80% e 2%, respectivamente.

A projeção para a inflação de 2022 ficou estável, em 5,03%. Para 2021, a previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) variou para baixo, de 10,02% para 10,01%. Essa foi a quarta redução depois de 35 semanas consecutivas de alta da projeção. Para 2023 e 2024, as previsões são de 3,41% e 3%, respectivamente.

A previsão do mercado para a Selic em 2022 ficou em 11,50% ao ano. Atualmente, a taxa está em 9,25% e o Copom já sinalizou que deve aprovar aumento de 1,5 ponto percentual na reunião de fevereiro. Para o fim de 2023, a estimativa é de que a Selic caia para 8% ao ano. Para 2024, a previsão é de Selic em 7% ao ano.

Relacionados:

► Desemprego cai para 12,1% e atinge 12,9 milhões de pessoas► Inflação do aluguel sobe 0,87% em dezembro e fecha o ano com alta de 17,78%

Leia mais: