ArcelorMittal investirá R$ 4,3 bilhões para expandir produção no Brasil

Atualizado em -

ArcelorMittal investirá R$ 4,3 bilhões para expandir produção no Brasil Shutterstock

A ArcelorMittal (ARMT34), multinacional siderúrgica, anunciou nesta quinta-feira (11) um investimento de R$ 4,3 bilhões em sua operação no Brasil até o ano de 2024. De acordo com a companhia, o aporte será realizado na usina da própria empresa na cidade de João Monlevade, e na mina de Serra Azul, em Itatiaiuçu, ambas no estado de Minas Gerais.

Com a operação, a usina de Monlevade terá sua capacidade de produção quase dobrada até 2024, de 1,2 milhão de toneladas de aço bruto ao ano para 2,2 milhões de toneladas anuais. Atualmente, a unidade produz fio-máquina para aplicações industriais, como lã de aço.

Já a mina de Serra Azul terá sua produção praticamente triplicada, do atual 1,6 milhão de toneladas anuais para 4,5 milhões de toneladas de minério de ferro. Hoje, a produção atende tanto o mercado interno quanto exporta minério.

"A empresa está confiante no cenário a médio e longo prazo do país, apesar do entendimento de que o mercado brasileiro de 2021 está sendo atípico", afirmou a companhia em nota da divulgação do investimento.

No mês passado, a World Steel Association publicou uma projeção de que o consumo de aço cresça 2,2% em 2022, estimulado pelo mercado fora da China, que embora seja responsável por mais da metade da demanda, ainda sofreu desaquecimento no setor imobiliário nos últimos meses.

"A organização (ArcelorMittal) acredita no crescimento sustentável do Brasil e no aumento da demanda por aço, especialmente em setores-chave da economia brasileira, como construção civil, automotivo, máquinas e equipamentos, e por minério de ferro, tanto no mercado interno quanto para exportação", apontou a documentação.

Em nota, foi ressaltado que a indústria, atualmente empregando cerca de 19 mil pessoas, quando estiver operando em plena capacidade, em 2024, gerará 1.350 novos postos de trabalho. Do total de empregos, 650 serão gerados na Usina de Monlevade e 330 na Mina do Andrade em José Monlevade, além de 370 na Mina de Serra Azul.

Relacionados:

Leia mais: