CSN celebra contrato de compra e venda para adquirir 100% das ações da LafargeHolcim

Atualizado em -

CSN celebra contrato de compra e venda para adquirir 100% das ações da LafargeHolcim Divulgação | CSN
► CMN e BC alteram regulamentação para pagamentos e transferências internacionais► Semana termina com atenção ao noticiário político e recuo do presidente

Nesta sexta-feira (10), a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) informou ao mercado que celebrou o contrato de compra e venda de ações para adquirir 100% das ações de emissão da LafargeHolcim.

De acordo com a companhia, o negócio foi avaliado pelo valor base de US$ 1,025 bilhão, sujeito a ajuste de preço e valor, além dos demais termos e condições previstos no contrato. O fechamento da operação, que envolve pagamento em caixa, está sujeito à aprovação por parte da autoridade concorrencial.

Esta aquisição adiciona uma capacidade produtiva à da CSN Cimentos de 10,3 milhões de toneladas de cimento ao ano, por meio de plantas de cimentos localizadas no Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste.

”Este movimento se insere na estratégia de expansão da CSN Cimentos em meio à recuperação do consumo de cimento no Brasil, demonstrando a capacidade da empresa de assumir papel de destaque no setor”, destaca a CSN, em comunicado oficial.

Com o fechamento da operação, a CSN Cimentos passará a ter uma capacidade total de 16,3 milhões de toneladas ao ano.

”São esperados relevantes sinergias operacionais, logísticas, de gestão e comerciais, com espaço para evolução de mix de produtos e expansão da base de clientes”, finaliza.

Relacionados:

► CMN e BC alteram regulamentação para pagamentos e transferências internacionais► Semana termina com atenção ao noticiário político e recuo do presidente

Leia mais: