IGP-M desacelera em junho, mas acumula alta de 35,75% em 12 meses

Atualizado em -

IGP-M desacelera em junho, mas acumula alta de 35,75% em 12 meses Freepik
► IGP-10 desacelera em junho, mas acumula alta de 36,9% em um ano► Custo da construção sobe 2,30% em junho; confiança do setor cresce

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou e variou 0,60% em junho, contra 4,10% registrados em maio.

Segundo dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgados nesta terça-feira (29), o índice, muito usado para reajuste de aluguéis residenciais, acumula alta de 15,08% no ano e de 35,75% em 12 meses.

A alta é expressiva e bem diferente do observado em outros tempos. Em junho de 2020, por exemplo, o índice havia subido 1,56% e acumulava alta de 7,31% em 12 meses.

O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) também desacelerou e variou 0,42% em junho, ante 5,23% em maio.

Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve uma desaceleração menor e variou 0,57% em junho, ante 0,61% em maio. Cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram decréscimo em suas taxas de variação.

Como o Mercado1Minuto mostrou, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC), que também compõe o IGP-M, subiu 2,30% em junho, ante 1,80% no mês anterior.

Relacionados:

► IGP-10 desacelera em junho, mas acumula alta de 36,9% em um ano► Custo da construção sobe 2,30% em junho; confiança do setor cresce

Leia mais: