Anvisa autoriza importação excepcional da Sputinik V por sete estados

Atualizado em -

Anvisa autoriza importação excepcional da Sputinik V por sete estados Shutterstock
► Anvisa autoriza início de testes da Butanvac em humanos► Câmara aprova projeto que autoriza laboratórios veterinários a produzirem vacinas contra Covid

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu autorização excepcional para importação da vacina Sputinik V pelos estados do Rio Grande do Norte, de Mato Grosso, Rondônia, do Pará, Amapá, da Paraíba e de Goiás.

A autorização foi dada desde que sejam cumpridas as mesmas responsabilidades e condicionantes que foram impostas no início de junho, quando a Anvisa autorizou a importação de quantidades predeterminadas da vacina russa e não liberou o uso emergencial do imunizante.

A Sputinik V só poderá ser utilizada na imunização de indivíduos adultos saudáveis e todos os lotes dos imunizantes importados somente poderão ser destinados ao uso após liberação pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS).

Segundo a Anvisa, os estados só poderão importar doses para vacinação de 1% de sua população para facilitar o monitoramento e ação imediata da Agência, caso necessário. Os números de doses serão as seguintes:

  • Rio Grande do Norte - 71.000 doses
  • Mato Grosso - 71.000 doses
  • Rondônia - 36.000 doses
  • Pará - 174.000 doses
  • Amapá - 17.000 doses
  • Paraíba - 81.000 doses
  • Goiás - 142.000 doses

Relacionados:

► Anvisa autoriza início de testes da Butanvac em humanos► Câmara aprova projeto que autoriza laboratórios veterinários a produzirem vacinas contra Covid

Leia mais: