Porto Seguro tem queda de 27,4% no lucro do primeiro trimestre do ano

Atualizado em -

Porto Seguro tem queda de 27,4% no lucro do primeiro trimestre do ano Divulgação | Porto Seguro
► Hapvida movimenta R$ 2,7 bilhões em oferta subsequente de ações; Papel foi precificado em R$ 15► Fleury divulga lucro de R$ 118,6 milhões no 1T21

Na abertura desta semana, a Porto Seguro (PSSA3) anunciou ter registrado um lucro líquido recorrente (sem combinação de negócios) de R$ 296,6 milhões no 1T21 - alta de 49% ante o mesmo período de 2020. A frente de negócio teve queda de 27,4% comparado ao quarto trimestre do ano passado.

De acordo com a empresa, o retorno sobre o patrimônio médio (ROAE) foi de 14,7% entre janeiro e março, alta de 2,4 pontos porcentuais sobre o primeiro trimestre de 2020. O patrimônio líquido médio ficou na casa dos R$ 8,074 bilhões - elevação de 8,9% ante o mesmo período de 2020. A receita total da Porto Seguro foi de R$ 4,847 bilhões no primeiro trimestre - alta de 6,8% sobre igual intervalo do ano passado.

Já as receitas totais do grupo atingiram R$ 4,847 bilhões - crescimento anual de 6,8%. Em relação ao faturamento, todas as áreas de atuação do grupo de saúde apresentaram crescimento comparado ao mesmo período de 2020.

"O resultado financeiro atingiu 193,7 milhões no trimestre, através de um retorno sobre as aplicações financeiras (exprevidência) de 2,36% no período (equivalente a 488% do CDI no período). Esse resultado é decorrente principalmente das alocações em títulos indexados à inflação, em ativos de renda variável e em fundos multimercado", destacou em seu anúncio de resultados.

Segundo a Porto Seguro, a vertical seguros teve crescimento anual de receitas de 6,6% para R$ 3,392 bilhões. A área de negócios financeiros, que inclui cartões de crédito e financiamentos, subiu 7,8% para R$ 774 milhões na mesma base. O braço de saúde apresentou faturamento de R$ 524 milhões, com avanço de 5,1%. E o braço de serviços subiu 11% para uma arrecadação de R$ 156 milhões.

Em relação ao consolidado de todos os negócios de seguros, o índice combinado recorrente atingiu 92,3% no trimestre, com queda de 1,8 ponto percentual ante o primeiro trimestre de 2020.

Revertendo o prejuízo de R$ 1,5 milhão do primeiro trimestre de 2020, o resultado financeiro do grupo atingiu R$ 193,7 milhões no 1T21. Entretanto, comparado ao quarto trimestre do ano passado, houve queda de 35,4%.

Os dados apontam ainda que o retorno sobre patrimônio médio no primeiro trimestre de 2021 ficou em 14,7%, com elevação de 4 pontos percentuais frente ao mesmo período de 2020.

Para ler a íntegra do relatório de resultados do 1T21 basta clicar aqui.

Principais destaques 1T21 Porto Seguro.JPG

+Q1Minuto

Aprenda mais sobre como aproveitar o crescimento perene de empresas que atuam na área da Saúde ouvindo o episódio do podcast +Q1Minuto sobre o assunto. O Sócio e Economista da VLG Investimentos, Leonardo Milane, mergulha no tema e explica de forma mais ampla como os investidores podem se orientar na escolha de papéis que tornem a carteira de ativos mais resistente ao sobe e desce da bolsa de valores.

Relacionados:

► Hapvida movimenta R$ 2,7 bilhões em oferta subsequente de ações; Papel foi precificado em R$ 15► Fleury divulga lucro de R$ 118,6 milhões no 1T21

Leia mais: