CSN encerra primeiro trimestre com lucro R$ 5,7 bilhões; Siderúrgica vai aumentar em 18% o preço do aço

Atualizado em -

CSN encerra primeiro trimestre com lucro R$ 5,7 bilhões; Siderúrgica vai aumentar em 18% o preço do aço Pexels
► Acima das expectativas, Vale divulga lucro recorde de R$ 30,5 bilhões no 1T21► Vale avalia cisão e IPO de metais básicos

Nesta quarta-feira (28), a CSN (CSNA3) divulgou que fechou o primeiro trimestre de 2021 com lucro de R$ 5,7 bilhões. O resultado reverteu o prejuízo de R$ 1,3 bilhão registrado nos três primeiros meses de 2020.

Esse ganho da companhia foi impulsionado por uma melhora no desempenho operacional da empresa no trimestre, em função do aumento na demanda por aço, e os recursos obtidos com o IPO de sua unidade de mineração, CSN Mineração (CMIN3), que movimentou cerca de R$ 2,5 bilhões.

A CSN obteve uma geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda ajustado) de R$ 5,8 bilhões, resultado recorde. Na comparação com o 1T20, o montante corresponde a uma aceleração de mais de quatro vezes.

As vendas de aço da companhia cresceram 16%, alcançando a marca de 1,32 milhão de toneladas. Já a comercialização do minério de ferro avançou 47%, chegando em 8,23 milhões de toneladas.

A receita líquida consolidada ficou em R$ 11,9 bilhões no 1T21, mais que o dobro do resultado obtido entre janeiro e março de 2020. Os ganhos subiram 26,5% na comparação entre os trimestres.

Preço do aço

Segundo informações divulgadas pelo Estadão, a CSN vai elevar em 18% o preço do aço. Esse aumento que acontecerá, em maio, será o quarto reajuste no ano. Em janeiro e fevereiro a alta foi de 15% e em março a elevação foi de 10%.

O valor do laminado a frio vai subir 18% e o da folha metálica crescerá 16,75%. Também sofrerão elevações os preços do laminado zincado e do laminado a quente, que vão subir respectivamente 16,5% e 16%.

Luis Fernando Martinez, vice-presidente Comercial da CSN, comentou que o aumento nos preços caminha com a alta do dólar e os preços elevados do aço no mercado externo.

Relacionados:

► Acima das expectativas, Vale divulga lucro recorde de R$ 30,5 bilhões no 1T21► Vale avalia cisão e IPO de metais básicos

Leia mais: