Anvisa mantém indicação de uso para vacina da AstraZeneca; Alteração na bula é solicitada

Atualizado em -

Anvisa mantém indicação de uso para vacina da AstraZeneca; Alteração na bula é solicitada Tânia Rêgo / Agência Brasil
► Estudo comprova eficácia da CoronaVac contra variante de Manaus ► Empresas se unem para doar concentradores de oxigênio para o tratamento de pacientes com Covid

Nesta quarta-feira (7), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que mantém a recomendação do uso da vacina contra Covid-19 da farmacêutica AstraZeneca. Segundo a agência, os benefícios do imunizante superam os riscos.

Apesar da decisão, a Anvisa solicitou que a bula do imunizante passe por uma alteração. O pedido é que seja incluído um alerta para possíveis ocorrências tromboembólicas - problemas que estão ligados a formação de coágulos de sangue.

O comunicado aconteceu depois do comitê de aconselhamento sobre vacinas do Reino Unido, citando questões de segurança, sugerir que adultos com menos de 30 anos não tomem a vacina.

“A Anvisa mantém a recomendação de continuidade da vacinação com o referido imunizante, uma vez que, até o momento, os benefícios superam os riscos”, informa a Anvisa.

A agência ainda relatou no comunicado que pode existir uma relação do imunizante com os problemas na coagulação sanguínea, por isso pediu que ocorra essa alteração na bula.

“Alguns casos de coágulos sanguíneos associados à trombocitopenia, diminuição do número de plaquetas (componente do sangue que ajuda na coagulação), podem estar associados à vacina Oxford/Astrazeneca/Fiocruz. As ocorrências são extremamente raras”, comunica a entidade.

De acordo com a Anvisa, no Brasil, já foram vacinadas cerca de quatro milhões de pessoas e foram registrados um total de 47 casos suspeitos de eventos tromboembólicos. Porém, “não foi possível estabelecer uma relação direta e de causalidade entre esses 47 casos suspeitos de eventos tromboembólicos e o uso da vacina no Brasil”.

Relacionados:

► Estudo comprova eficácia da CoronaVac contra variante de Manaus ► Empresas se unem para doar concentradores de oxigênio para o tratamento de pacientes com Covid

Leia mais: