Cepal informa que exportações da América Latina e Caribe caíram 13% em 2020

Atualizado em -

Cepal informa que exportações da América Latina e Caribe caíram 13% em 2020 Pixabay
► Fiocruz negocia recebimento de 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca ► Balança Comercial registra déficit de US$ 0,824 bilhões na terceira semana de janeiro

A Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal) divulgou nesta sexta-feira (22) que o valor das exportações da América Latina e Caribe no ano passado diminuiu 13% em relação a 2019, na influência da crise econômica ocasionada pela pandemia do novo coronavírus. Já as importações apresentaram queda de 20%, segundo o levantamento.

Para a comissão, embora a contração seja menor que a projetada no início de agosto do ano passado (-23%), os números das exportações são os piores desde a crise financeira mundial de 2008-2009.

"A região se 'desintegra' comercial e produtivamente desde meados da década passada, coincidindo com seu menor crescimento em sete décadas", disse Alicia Bárcena, secretária-geral da Cepal, ao entregar o relatório de Perspectivas do Comércio Internacional da América Latina e Caribe 2020, na sede regional desta instituição da ONU, em Santiago (Chile).

Com mais de 17 milhões de infectados e mais de 550 mil mortos pela Covid-19, a economia da América Latina foi afetada duramente, provocando uma crise que levou a uma contração do crescimento de 7,7% em 2020.

A Cepal estima que as exportações crescerão em 2021 entre 10% e 15% sobre o valores do ano passado. Contudo, Bárcena considera que a onda de surtos da doença na região criou uma "incerteza" sobre o que realmente acontecerá no comércio externo ainda neste ano.

Relacionados:

► Fiocruz negocia recebimento de 15 milhões de doses de vacina da AstraZeneca ► Balança Comercial registra déficit de US$ 0,824 bilhões na terceira semana de janeiro

Leia mais: