Mercados da Europa voltam a mostrar preocupação com Covid

Atualizado em -

Mercados da Europa voltam a mostrar preocupação com Covid Pixabay
► Ibovespa descola do exterior e fecha em alta de 0,32% aos 110.132 pontos► Senado aprova nova Lei das Falências para agilizar recuperação de empresas

Na manhã de hoje, as bolsas europeias têm leve queda de 0,12% e os índices americanos estão fechados devido ao feriado de Ação de Graças. Ontem, a AstraZeneca foi criticada por conta dos testes clínicos divulgados no início da semana. O principal ponto é que não há dados suficientes sobre esses resultados, já que a eficácia de 90% foi atingida devido a um erro de dosagem.

Em relação ao coronavírus, os EUA e a Europa continuam a registrar alta no número de mortos pela doença. Na Alemanha, a chanceler Angela Merkel confirmou que as medidas de distanciamento não serão encerradas no final de novembro e que a duração será até o dia 20 de dezembro, com possível prorrogação até o início de 2021.

No Brasil, o Ibovespa encerrou mais um pregão no campo positivo, variação +0,32%, cotado a 110.133 pontos e se descolou do exterior, aproximando-se mais um pouco do nível de fechamento do dia 21 de fevereiro, quando o índice teve cotação em 113.681 pontos.

Na agenda econômica, ontem, o ministro Paulo Guedes (Economia) afirmou que a expectativa é que os dados a serem divulgados hoje pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) devem vir positivos. A estimativa segundo o consenso Bloomberg é de que tenham sido criados 220 mil empregos.

Entre as commodities, os contratos futuros do minério de ferro fecharam em alta de 2,11%, enquanto o petróleo Brent opera em queda de 1,71%, cotado a US$ 47,70.

Relacionados:

► Ibovespa descola do exterior e fecha em alta de 0,32% aos 110.132 pontos► Senado aprova nova Lei das Falências para agilizar recuperação de empresas

Leia mais: