Após recuperação judicial, ações da OSX têm valorização acima de 150%

Atualizado em -

Após recuperação judicial, ações da OSX têm valorização acima de 150% Porto do Açu | Divulgação
► Associação pede investigação sobre hipervalorização de papéis de empresas do grupo X► Petrobras adia pela terceira vez prazo de acordo com Sete Brasil

Após a conclusão do plano de recuperação judicial, iniciado há sete anos e comunicado ontem ao mercado, a OSX e suas subsidiárias viram suas ações dispararem, com altas de 157,09% no encerramento do pregão. Na abertura do dia, o papel da companhia já subia acima de 50%.

Desde o começo do ano, os papéis da OSX acumulam valorização ao redor de 540% na bolsa brasileira. Apenas em novembro (até ontem) as ações já acumulam alta superior a 70%.

A empresa, que opera na área de construção naval, entrou com pedido de recuperação judicial em 2013 para tentar se livrar de dívidas que superavam os R$ 5,3 bilhões.

Fundada em 2009 pelo empresário Eike Batista, a OSX estreou na Bolsa em 2010, quando seu IPO movimentou R$ 2,8 bilhões. A companhia, no entanto, enfrentou problemas logo nos anos seguintes, quando não conseguiu entregar os resultados prometidos, sobretudo porque a OGX não produziu petróleo nos níveis esperados, interrompeu os contratos de operação nas plataformas da companhia e entrou em pedido de recuperação judicial.

Relacionados:

► Associação pede investigação sobre hipervalorização de papéis de empresas do grupo X► Petrobras adia pela terceira vez prazo de acordo com Sete Brasil

Leia mais: