Mercado aumenta estimativa para inflação; Copom cita alta nos preços dos alimentos e de bens industriais

Atualizado em -

Mercado aumenta estimativa para inflação; Copom cita alta nos preços dos alimentos e de bens industriais Tânia Rego | Arquivo Agência Brasil
► PIX começa a funcionar hoje em operação restrita► BB Seguridade tem lucro de R$ 1,09 bilhão no terceiro trimestre; crescimento de 1,4%

O Boletim Focus desta semana, divulgado nesta terça-feira (03) pelo Banco Central, mostra aumento na perspectiva dos economistas para a inflação de 2020, de 2,99% para 3,02%. O boletim é divulgado toda semana e mostra projeções importantes para a economia brasileira.

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a perspectiva se manteve em relação ao boletim da última semana, com uma expectativa de retração de 4,81% neste ano. Para 2021, o mercado mudou a previsão do PIB de alta de 3,42% para crescimento de 3,34%.

Os economistas alteraram a projeção para a balança comercial em 2020, de superávit comercial de US$ 58,00 bilhões para US$ 58,70 bilhões. Já a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2020 subiu de R$ 5,40 para R$ 5,45. No fim de 2021, a expectativa permaneceu em R$ 5,20 por dólar.

boletim focus; banco central

Ata do Copom

A ata de reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), também divulgada nesta terça, cita incertezas no cenário com o temor causado pelos avanços da Covid e a redução dos estímulos do governo. Para o comitê, “a forte retomada em alguns setores produtivos parece sofrer alguma desaceleração, em parte devida à ressurgência da pandemia em algumas das principais economias”.

Em relação à inflação, o Copom destaca que a elevação da expectativa é resultado “da continuidade da alta nos preços dos alimentos e de bens industriais, consequência da depreciação persistente do Real, da elevação de preço das commodities e dos programas de transferência de renda”.

A ata também trata da Selic, mantida em 2% ao ano pelo Comitê.

“O Comitê entende que essa decisão reflete seu cenário básico e um balanço de riscos de variância maior do que a usual para a inflação prospectiva e é compatível com a convergência da inflação para a meta no horizonte relevante, que inclui os anos-calendário de 2021 e 2022”, escreve o Copom na ata.

Relacionados:

► PIX começa a funcionar hoje em operação restrita► BB Seguridade tem lucro de R$ 1,09 bilhão no terceiro trimestre; crescimento de 1,4%

Leia mais: