Encerramento de mercado: Ibovespa fecha em alta com expectativa de decisão na Câmara sobre veto de Bolsonaro

Atualizado em -

Encerramento de mercado: Ibovespa fecha em alta com expectativa de decisão na Câmara sobre veto de Bolsonaro Pexels
► Senado derruba veto que impedia reajuste salarial a servidores por pandemia► C&A registra prejuízo de R$ 192,1 milhões, queda de 217,8%

O índice brasileiro encerrou o dia em alta de +0,61% cotado aos 101.467 pontos. O principal driver da sessão foi a expectativa de que a Câmara dos Deputados reverta a decisão tomada pelo Senado ontem de derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro ao reajuste de servidores.

O reajuste salarial de servidores até 2021 havia sido barrado por veto do presidente Jair Bolsonaro como contrapartida ao pacote de R$ 60 bilhões a estados e municípios. Nesta quarta (19), o Senado derrubou o veto. A decisão ainda precisa ser ratificada pela Câmara.

A oposição pediu pelo adiamento da sessão, além disso o deputado Baleia Rossi, que preside a sessão, e o líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros, disseram à equipe de análise da XP Política que, pelas suas contas, o veto será votado e mantido nesta tarde.

Mais cedo, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, defendeu o veto ao lado de lideranças do Centrão.

Enquanto isso, o dólar comercial registra alta de +0,43% a R$ 5,5526 na compra e a R$ 5,554 na venda.

Maiores altas:

  • Multiplan (MULT3) +4,41% R$ 22,51
  • B3 (B3SA3) +4,28% R$ 62,12
  • Br Malls (BRML3) +3,77% R$ 9,92

Maiores baixas:

  • Magazine Luiza (MGLU3) -2,99% R$ 87,02
  • Sabesp (SBSP3) -2,88% R$ 51,23
  • Qualicorp (QUAL3) -1,72% R$ 27,36

Relacionados:

► Senado derruba veto que impedia reajuste salarial a servidores por pandemia► C&A registra prejuízo de R$ 192,1 milhões, queda de 217,8%

Leia mais: