Banco do Brasil confirma indicação de André Brandão para assumir presidência

Atualizado em -

Banco do Brasil confirma indicação de André Brandão para assumir presidência Foto: Bruno Santos
► Banco Central anuncia oficialmente a instituição do seu novo sistema de pagamento instantâneos: o PIX► Economia anuncia novos secretários para substituir Salim Mattar e Paulo Uebel

O Banco do Brasil anunciou nesta sexta-feira (14), em comunicado oficial, a indicação de André Brandão para a presidência da instituição no lugar de Rubem Novaes, que entregou carta de renúncia ao cargo no final de julho. A escolha já vinha sendo cogitada desde o início do mês, mas só agora o banco oficializou o nome de André Brandão para o cargo.

"Após comunicação formal, via Ofício do Ministério da Economia, desta data, iniciou-se no âmbito do BB os procedimentos de governança necessários à confirmação da elegibilidade do Sr. André Guilherme Brandão para assumir o cargo de presidente da Companhia", diz o comunicado do Banco do Brasil.

André Brandão fazia parte do grupo HSBC e teria sido escolhido pelo perfil discreto e técnico.

Resultados

O Banco do Brasil registrou lucro líquido ajustado de R$ 3,31 bilhões no 2º trimestre deste ano, uma queda de 25,3% na comparação com o mesmo período do ano passado. No primeiro semestre, o lucro líquido ajustado do banco foi de R$ 6,706 bilhões, uma redução de 22,7% em comparação com o mesmo período de 2019.

Relacionados:

► Banco Central anuncia oficialmente a instituição do seu novo sistema de pagamento instantâneos: o PIX► Economia anuncia novos secretários para substituir Salim Mattar e Paulo Uebel

Leia mais: